Afinal, vale a pena investir no mercado vegano? Descubra aqui!

O mercado vegano ganha, a cada semana, cerca de 2 mil novos adeptos no Brasil, segundo a Sociedade Vegetariana Brasileira. Esse setor da economia cresceu, de acordo com a Euromonitor, cerca de 98% entre os anos de 2009 e 2014. Apesar do veganismo ter surgido na década de 1940, somente na última década esse estilo de vida está se tornando bastante conhecido em nosso país.

Muitas pessoas estão transformando seus hábitos alimentares por questões de saúde ou por se conscientizarem do impacto negativo no sistema ecológico causado pelos produtos derivados dos animais.

Neste post falaremos sobre o mercado vegano e você perceberá como é vantajoso investir nesse ramo. Acompanhe!

Quais as características desse público?

Veganos são as pessoas que excluem de sua alimentação tudo que venha de origem animal, como carne de animais, laticínios, ovos, mel etc. Além disso, não usam nenhum produto que contenha algum elemento de bichos ou que seja testado neles. O veganismo é, na verdade, um estilo de vida, em que o indivíduo tem a necessidade de conhecer os processos de fabricação de tudo que come e utiliza.

Ao se tornar vegano, a pessoa aprende mais sobre os nutrientes presentes nos alimentos e suas utilidades no organismo. Vitaminas essenciais muitas vezes são encontradas em uma quantidade maior nas carnes, como a vitamina B12. Por esse motivo, é necessário entender sobre os alimentos no geral, para poder substituí-los sem deixar de ter uma alimentação balanceada.

Muitas pessoas ficam em dúvida entre o vegetarianismo e o veganismo. Os vegetarianos não comem carne — ou pela religião ou por questões de saúde — porém, consomem produtos de origem animal. Já os veganos não comem carne, mas também não ingerem ou utilizam produtos derivados de animais — incluindo bebidas, como vinhos e cervejas.

Alguns propósitos são bem parecidos — ser contra a matança de animais — apesar de a ideologia de ambos serem distintas. Existem pesquisas que comprovam que o veganismo ajuda a ter uma qualidade de vida melhor. Alguns dos benefícios são uma pele mais saudável, energia e aspecto físico rejuvenescido. Lembrando que a grande dificuldade dos veganos é encontrar restaurantes para atendê-los.

Quais produtos são procurados por ele?

No mercado vegano, os alimentos mais procurados são legumes, frutas, castanhas e grãos. Como essas refeições sem carne podem surpreender muitas pessoas que ainda não estão acostumadas com a culinária vegana, é necessário usar criatividade para criar pratos diversificados e saborosos.

Existem diversas possibilidades, incluindo petiscos, entrada, prato principal e sobremesas. Não há limites para os pratos veganos! Uma ótima opção também são os salgados e os doces veganos — produtos muitos populares entre a maioria das pessoas.

No caso dos salgados, a diferença dos tradicionais é que os ingredientes principais geralmente são os grãos de arroz e de feijão no lugar do milho. Além de não serem utilizados ovos e leite.

Com a máquina de fazer salgados da Rimaq, você consegue fazer coxinhas veganas com recheio de jaca verde desfiada e alho-poró, de proteína de soja ou de berinjela, por exemplo. São várias as opções de recheio. É sucesso garantido para ganhar dinheiro com seu próprio negócio!

Já nos doces, o ovo é substituído por outros ingredientes de origem vegetal, como farinha de linhaça, tofu, lecitina de soja, inhame, chia etc.

Como investir de maneira eficiente nesse tipo de mercado?

O mercado vegano está crescendo cada vez mais, devido aos novos hábitos alimentares. Por causa da crescente demanda, alguns estabelecimentos estão se atualizando e adicionando em seu cardápio pratos de comidas veganas. O restaurante pode apenas repaginar alguns pratos da casa, ao substituir a carne por soja, por exemplo.

Apesar de cada vez mais existirem restaurantes exclusivos, voltados para o veganismo, eles ainda não são suficientes. A oferta por comidas veganas ainda é menor do que a demanda. É muito importante que as pessoas que decidiram por esse estilo de vida se sintam mais confortáveis ao escolherem o que querem comer.

Eventualmente, ter uma vida sociável ativa, quando não se come carne, pode ser difícil. Algumas vezes é um grande desafio sair com amigos e conseguir manter o “espírito vegano”, visto que não é qualquer estabelecimento que oferece esses produtos específicos. Um empreendedor desse ramo precisa manter a transparência com seus clientes e oferecer a eles produtos mais naturais, saborosos e nutritivos.

Uma dúvida muito frequente dos empresários é o preço que deve ser cobrado por esses alimentos. É consideravelmente mais barato produzir um hambúrguer em uma rede de fast food do que um hambúrguer vegano, devido aos ingredientes utilizados. Assim, o produto final acaba tendo um valor um pouco maior.

Esse é um momento muito oportuno para investir no mercado de comidas veganas. Para quem não é do ramo e pretende abrir um novo negócio, é possível inspirar-se em várias opções já disponíveis. Food trucks, lanchonetes e bares são muito promissores para os que desejam investir no setor. A procura é cada vez maior e os lucros só tendem a crescer!

O ponto principal para quem deseja iniciar uma carreira empreendedora de sucesso ou incrementar a renda é sempre inovar. Por esse motivo, pense no que você pode oferecer de melhor para atender às necessidades dos consumidores e também nas lacunas do mercado. Se você já tem uma empresa com produtos veganos, invista na melhoria deles.

A qualidade dos produtos é o item mais importante no processo de fidelização de clientes. Para que o empreendedor sinta mais confiança nos produtos que oferece e também conquiste a confiança dos consumidores, existe um selo de qualidade que certifica a autenticidade dos produtos veganos. Ele garante que os itens são livres de ingredientes de origem animal e que são cruelty free (não testados em animais).

Apesar de ser uma medida simples, investir no mercado vegano pode garantir mais conforto aos clientes. Procure o auxílio de profissionais da área, que lhe ofereçam  produtos diferentes, novos cardápios e métodos para captar mais clientes. Além disso, para iniciar o negócio, é possível utilizar máquinas de salgados e de doces com o cardápio voltado para esse estilo de vida saudável.

Em síntese, o mercado vegano tornou-se uma excelente opção de negócio, e garantir alternativas mais naturais e saudáveis no cardápio é um diferencial para qualquer empreendimento. Esse novo ramo tem gerado diversas oportunidades para empresários e também para consumidores, que viram nesse estilo de vida uma oportunidade para criar seu próprio comércio.

Você curtiu nosso post sobre o mercado vegano? Então visite nosso site e conheça nossas máquinas, que poderão ajudá-lo a abrir sua própria empresa!

máquina-de-salgados