Empreendedorismo em eventos esportivos gramado jogo

Empreendendo em eventos esportivos

O mundo inteiro está sempre ligados nos eventos esportivos. Independentemente da relevância e popularidade, sempre existem apaixonados por certas modalidades. Por isso, empreender de acordo com eventos pode ser super importante. Seja no ramo de alimentação, brindes ou hospedagem, nunca faltarão pessoas dispostas a comprar seus serviços nesses locais.

O Brasil pode ser um bom exemplo. Recentemente, o país recebeu dois dos maiores eventos esportivos, Copa do Mundo de Futebol (2014) e Jogos Olímpicos (2016). No primeiro, 12 cidades receberam os jogos e outras tantas hospedaram as seleções; no segundo caso, a grande maioria dos jogos foram concentrados no Rio de Janeiro, com exceção ao futebol, que foi distribuído por outras cidades, como São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Salvador e Manaus.

Para se ter ideia do potencial de eventos esportivos, o Brasil recebeu 1 milhão de turistas estrangeiros durante a Copa de 2014. Já nos Jogos Olímpicos, apenas no Rio de Janeiro, mais de 1,2 milhão de pessoas visitaram a cidade (sendo 410 mil estrangeiros). No evento da cidade carioca, os visitantes costumavam gastar, em média, quase R$370 por DIA (em alimentação, presentes e hospedagem).

Alimentação em eventos esportivos

Agora que você já sabe do potencial de eventos esportivos, entenda como ganhar dinheiro com os visitantes. Se você estiver sem ideia em que investir, a hora é agora para descobrir.

O mais prático é o setor de alimentação. Seja na rua dos eventos ou nas imediações de estádios e ginásios, montar um negócio de comidinhas pode ser uma grande ideia. Normalmente, o preço da comida dentro dos recintos onde ocorrem os jogos costuma ser caríssimo. Uma coxinha, por exemplo, custava R$10 no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, enquanto a água podia ser comprada pela bagatela de R$8.

Por isso, muitos espectadores costumam sair dos eventos sem consumir nada dentro, mas ávidos de fome e cheios de vontade para comer fora. Por isso, instale-se nos arredores dos jogos e ganhe dinheiro. Uma boa opção pode ser a venda de espetinhos. Eles são considerados uma paixão nacional, e dificilmente você não terá clientela se investir neles. Entretanto, tome cuidado com alvarás de funcionamento. Em São Paulo, por exemplo, a Prefeitura exige um documento chamado TPU (Termo de Permissão de Uso) para comerciantes de rua. Se você for de outra cidade, busque a prefeitura do local e regularize-se para trabalhar. Assim, você garantirá a segurança do seu trabalho e dos seus clientes.

Aliás, se você quer mais dicas sobre o comércio de espetinhos, acesse: https://www.rimaq.com.br/blog/por-que-vender-espetinhos-de-churrasco/. Lá, você encontrará informações sobre a carne ideal para o churrasquinho e outras opções para maximizar sua produção.

Porém, o espetinho não é a única opção. Existem outras alimentações bem populares nos arredores de eventos de esporte, como o cachorro quente e o lanche de pernil. Pense bem em todas as opções, reflita sobre a que pode lhe dar mais lucros e ser mais prazerosa e invista.

Brindes

O setor de brindes é outro que pode ser muito bem explorado. Normalmente, todo turista que frequenta um evento, ou mesmo qualquer visitante, não gosta de voltar para casa de mãos abanando. Afinal, aquela ocasião provavelmente foi histórica, e ele gostaria de levar recordações para casa. E é nisso que você entra.

Camisetas estampadas, copos comemorativos do evento, chaveiros. Todas são ótimas opções para oferecer aos visitantes. Por isso, invista em maquinário próprio e bons materiais e comece a produzir. Claro, o melhor seria fazer a venda nas imediações de estádios e ginásios (também valendo-se dos alvarás de funcionamento), mas vender na internet e sob encomenda também pode ser ótimo. Ou até mesmo fazendo parceria com lojas e empresas.

Se precisar de algumas dicas de brindes, acesse: https://www.rimaq.com.br/blog/saiba-como-vender-brindes-personalizados-e-aumente-sua-renda/.

E se você chegou até aqui, quer dizer que ficou interessado pelas nossas dicas. Então saiba que sua oportunidade de trabalhar em um grande evento chegou. O Brasil receberá a Copa América de Futebol em 2019. São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Salvador receberão jogos da competição e a ocasião pode ser ótima para ganhar dinheiro. Serão 26 jogos ao todo, distribuídos em três semanas de competição (de 14 de junho a 07 de julho)

Portanto, se você quer trabalhar no evento, invista agora no maquinário necessário de alimentação e brindes. Acesse o site da Rimaq ou ligue para nossos consultores (11) 3030-1300, que eles estarão disponíveis para explicar a você como essas máquinas podem fazer você ganhar dinheiro não apenas durante a Copa América, mas por toda a vida.