Como abrir um CNPJ? Conheça 3 passos

Muitos de nós têm o sonho de abrir um negócio próprio e finalmente conquistar a realização profissional e a independência financeira. Porém, além de muito trabalho duro, uma empresa precisa atender alguns requisitos formais, como abrir CNPJ, emitir notas fiscais, etc.

Se você tem uma empresa e deseja ampliar suas atividades, ou mesmo se está pensando em abrir uma e ingressar de vez no mundo do empreendedorismo, chegou a hora de aprender a formalizar sua atividade e obter todos os benefícios que você adquire com seu registro.

Por isso, preparamos este artigo para que você descubra tudo sobre como abrir CNPJ. Boa leitura!

Por que ter CNPJ?

O Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) é o número único que identifica sua empresa, assim como o CPF identifica cada cidadão do país.

Ao trabalhar na informalidade você coloca em risco toda a sua operação, que pode, a qualquer momento, sofrer sanções judiciais. Além disso, sem CNPJ você abre mão de uma série de benefícios disponíveis para pequenos e médios empreendedores.

Passo a passo para abrir CNPJ

Agora que você entende a importância de regularizar a sua atividade empresarial, leia o passo a passo de como abrir CNPJ:

1. Saiba em que formato sua empresa se encaixa melhor

Existem diversas categorias de empresas, e cada uma delas possui especificidades e detalhes que alteram tanto seu processo de abertura, quanto sua rotina contábil e os benefícios a que tem direito.

Por exemplo, se o seu faturamento anual é inferior a R$ 80 mil e você não participa de nenhuma outra empresa, provavelmente será classificado como MEI (Micro Empreendedor Individual). 

2. Defina sua atividade

Antes de obter seu CNPJ, é preciso definir muito bem que atividade sua empresa desempenha. Essa definição é feita com base na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), que possui uma lista com diversos tipos e subtipos de atividade empresarial.

3. Escolha um regime tributário adequado

Exitem 3 tipos de regime fiscal: o Simples Nacional, o Lucro Real e o Lucro Presumido. Na hora de escolher o melhor regime para sua empresa, esteja atento a alguns detalhes, como prazos e tarifas.

A escolha do regime correto é importante para que você consiga pagar o mínimo possível de tributos de forma legal. Se achar necessário, consulte um profissional especializado. Ele pode orientar na melhor escolha para o seu perfil empresarial.

Vantagens de ter CNPJ

Anteriormente, vimos a importância de registrar sua empresa para transmitir credibilidade aos seus clientes e evitar problemas com o fisco e com a justiça. Agora, vamos conhecer algumas das vantagens ao abrir seu CNPJ:

  • emissão de notas fiscais: com CNPJ você pode emitir notas, garantindo maior segurança para você e para seus clientes;
  • contratar funcionários: na medida em que sua empresa cresce, a necessidade de contratar pessoas para ajudarem você nessa jornada aumenta. Com o CNPJ, você pode realizar a contratação de funcionários de forma regular;
  • previdência: com sua empresa regulamentada, você tem acesso a alguns benefícios, como auxílio-doença e maternidade e, também, aposentadoria por idade ou invalidez;
  • linhas de crédito: com CNPJ, você tem acesso a linhas de crédito e financiamentos especiais exclusivos para empresas.

E aí, gostou das nossas dicas sobre como abrir CNPJ? Aproveite para deixar seu comentário contando um pouco da sua jornada no empreendedorismo! Até a próxima.